quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Pecado

 

Visão plena e absoluta de teu corpo,
Elevação puríssima do sentir eterno
Pecaminosos desejos carnais no sopro
Criado vaso perfeito do ser materno
 
Ser perfeito, de suprema elevação
Pensamentos levados na imaginação
Beijo a beijo perco-me no teu infinito
Firmeza querer vontade de granito
 
Sedentos pecados lívidos e carnais,
Deste mesquinho impuro e pecador
Ávido sedento de toques marginais,
 
Rendo-me perante a visão do pecado,
Amenizado na entrega ao sonhador
Personalizado em ti, meu ser amado!
 
Alberto Cuddel®
Enviar um comentário