sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Escolhi Amar-te LX

 
…li algures “detesto a expressão fazer amor, amor faz-se nos pequenos gestos diários, no nosso leito fodemos”…

A apresentação factual da verdade intrínseca, ao dourar a linguagem apresentada nas longas divagações poéticas, sem roçar o pornográfico ato sexual existente numa relação, até pode ser esteticamente mais aprazível, mas…

Fizemos amor tantas vezes sem que os nossos corpos se encontrassem, na nossa inocente e virginal realidade, cultivamos o ato de fazer amor até à definitiva exaustão do desejo, até nos encontrarmos como Adão e Eva, despidos de tudo, das roupas, dos pudores, dos preconceitos, dos medos, apenas nós, sem culpas, no momento em que tudo nos é possível agora.

Encontramo-nos nos limites temporais onde os nossos tempos apressados pela vivência e exigência da vida moderna, contida nas responsabilidades assumidas ao dar corpo ao sentir, na geração de uma nova vida, nesse parco período em que nos encontramos no mesmo tempo, num mesmo espaço, num mesmo desejo, fodemos, como se o mundo fosse acabar no minuto seguinte, como se nada mais existisse em nós ou por nós. Fudemos com todas as nossas forças, na linguagem ordinária que caracteriza o mais belo ato praticado por um casal.

Felizes de nós, que nos arrebatamos no desejo ardente de nos encontramos no perfeito desespero pelo corpo um do outro, felizes de nós que exploramos todas as formas de prazer que se pode entregar ao outro, que exercitamos e despertamos o desejo um no outro de nos possuirmos.

Busca do constante orgasmo oferecido em ti, não pelo ato de misericórdia de te consolar, mas pelo prazer absoluto de te ver gemer, de sentir cada músculo do teu corpo contrair-se num supremo ato de prazer oferecido sem nada em troca.

Escolho Amar-te todos os dias de novo, não para que nos encontremos apenas pelo prazer, mas pelos pequenos momentos em que damos aos atos de amor diários, mesmo quando me pedes de manhã cedo, numa qualquer manhã de inverno, para que te abandone extenuada na cama e apenas vá buscar o pão!

Alberto Cuddel®
 

https://www.wattpad.com/story/51907170-escolhi-amar-te
Enviar um comentário