sábado, 18 de junho de 2016

Minuto


Minuto

 

nunca pedi o tudo,

nem que fosse meu, cada segundo,

apenas a serenidade

a liberdade da entrega

a cada lugar deserto

distante de mim, tão perto

se amo, aplaca em mim as dores

caídas na saudade vertida no olhar!

           - amo, se amo!

mas doem-me as noites distantes

a cada minuto que passa…

 

Alberto Cuddel®


Enviar um comentário