segunda-feira, 25 de julho de 2016

Corpos… apenas isso


Corpos… apenas isso

 

Cenário do desejos mudos e quedos,

- Raios de lua afagam-te os cabelos.

Lábios húmidos, desejo de beijos,

Lua sonâmbula adormecida,

Ondulantes formas de mulher,

Perpetuamente dormente…

Olhar cego e reto como destino

Entre o cansaço do dia e o desejo de carne,

Tolhem o olfato as nuvens pardas de baunilha,

Mãos que se cruzam junto ao peito

Entre o abraço dos corpos,

O calor que apenas restou!

 

Olhemos as horas,

E o tempo que resta,

Ceus rasgados pelos raios de sol!

 

Alberto Cuddel®




Enviar um comentário