domingo, 7 de agosto de 2016

vamos à praia




 

Levei-a comigo à praia,
Ao luar, para que saia,
Levei-a comigo à praia
Segurei-a pra que não caia!
 
Sob um luar que não invejo,
Longe do leito, longe de casa,
Arrebatei-a para mim no beijo,
Voou em mim num golpe de asa!
 
Areia molhada brando ninho
Brilhando à luz como jardim,
Subi por ela bem devagarinho,
Novo beijo arrebatou de mim!
 
No tudo que me ofereço,
Por nada já a arrefeço,
Prazer numa noite de verão
Não é só paixão, é tesão!
 
Assim no calor do momento
Corpos apenas o movimento
Mar de gemidos, muita paixão
Assim acaba o nosso  S. João!
 
Alberto Cuddel

Enviar um comentário