quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Prometo

Prometo

Prometo fazer de cada noite manhã
de cada manhã o nosso dia
Prometo fazer subir e descer marés
acabar em cada entardecer com a monotonia!

Prometo ser poema
ser página em branco
Prometo sem ti ser pena
onde escrevemos novo plano!

Correm prometidas as águas
dos rios em direcção ao mar...

Prometo amada...
não amor, não fachada
mas um caminhar de mão dada!

Prometo quebrar todas as promessas
se a promessa for quebrada...

ainda assim prometo
ser teu, a cada madrugada!

Alberto Cuddel

Enviar um comentário