segunda-feira, 19 de junho de 2017

A música

A música

A musica da Primavera,
Ou um bando de pardais
Andorinhas nos beirais
Ou as músicas de outra era?

Uma tortura que me nasce na alma
Os sons que me corpo acalma
Um copo meio vazio, ali olhar
Perdido no balcão do bar?

A música...
Quantas mais longas as mágoas!
E sempre a música...
Pobre coitado martelado por quem não sabe tocar.
Mas apesar de tudo é música
Um som abafado, das lágrimas que rolam
E os risos, embevecidos em álcool
E donzelas que se passeiam pela noite
Já sem pijama vestido…

Acima de tudo é música
Mesmo que acordes no banco de jardim
Ainda assim… será música!



Alberto Cuddel

Enviar um comentário