terça-feira, 25 de novembro de 2014

Amor!



Dois corpos que a noite embala,
Na melodia das doces palavras,
Sussurradas na melodia da paixão,
Movimentos que formam notas,
Batidas sincronizadas, corações inquietos,
Olhares lascivos, boquiabertos,
Aurora da madrugada,
Melodia abafada, pela lua dirigida,
Forte e compassada,
Musica da paixão, criada do nada..
Dois corpos, um momento, um sentimento,
Um instrumento, uma fuga ao tempo,
E o amor se torna melodia,
Pela noite até ser dia!

Por: Albert Cuddel
20/11/2014

Palavras Desconexas -9
Enviar um comentário