domingo, 26 de abril de 2015

O tempo que tenho!

 
 
Perguntam:
Perguntam ao tempo que tenho,
Porque perco tempo com o amor,
Sem olhar ao mundo ao meu redor,
Na beleza das Flores,
No canto dos pássaros,
No azul do céu,
No cristalino mar?
Tudo muy fácil de explicar,
No teu perfume o odor da primavera,
Na tua voz o doce canto,
No teu olhar o mar onde me perco,
No teu sentir a importância do dar,
Na tua ausência a solidão,
Na tua presença a paixão,
No teu sonhar a ilusão,
Em ti as palavras me realizam,
Em ti o amor da entrega no madeiro
A promessa, a salvação,
Em ti o pecado não faz sentido,
O desejo é permitido!
Em ti sou, existo,
Sem ti sou extinto!
Nada mais faz sentido!
 
Alberto Cuddel
 

Enviar um comentário