domingo, 1 de março de 2015

Sem medo!



Na borda do abismo,

Quietude, silêncio,

Voz que clama,

Ecoa e repete,

O chamamento,

Abandona teu ser,

Cai…

Deixa-te levar pela brisa,

Desiste da guerra constante,

Da luta, do quer,

Desiste do sentir,

Vem…

Sai desse corpo,

Cai na plenitude do ser,

Sem fronteiras,

Sem barreiras,

Deixa-te cair…

Quero acolher-te

Nos meu braços,

Na fria constância,

Do fim, de um novo começar!


Alberto Cuddel

02/12/2014

Palavras Desconexas – 29


Enviar um comentário