sábado, 13 de junho de 2015

Mar revolto!

10 - Mar revolto!

Chega com a fúria na alma,
E nessa fúria logo se acalma,
De sentimentos revolto o Mar,
Mas pela Lua se volta afagar!

Que triste o constante vaivém,
Ora calmo, belo e espelhado,
Ora revolto querendo levar alguém,
Deitando por terra o que foi sonhado!

Deixa-me o tempo parar,
Deixa-me voltar a sonhar,
Deixa-me a teu lado caminhar,
Deixando de novo gravar,
As pegadas do que é Amar!

Alberto Cuddel
Palavras Soltas
http://escritanoface.blogspot.pt
http://facebook.com/escritoassim
http://infinitamente-nosso.blogspot.com.br

Enviar um comentário