sábado, 6 de junho de 2015

Sem Ti...



A noite fechou-se sobre o doloroso leito da solidão,
veio vento barulhento, tirar-me a concentração,
o ruído das paredes da sala gemendo vazias,
clamando ser cheias pelo calor da tua voz...

Alberto Cuddel​
Enviar um comentário