terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Retorno



No olhar transporta o sonho,

Na noite se perde o sonhar,
Espera novas no barulho do mar,
Mares que à terra o façam chegar,
Distante país, de longe a navegar,
Espuma do mar, ondas a quebrar,
Longas noites perdidas no luar,
Olhares que se cruzam,
Saudades ausentes,
Quentes palavras por entre dentes,
Soltos gemidos, quentes sentidos,
Que o homem fazem jorrar!

Decidiste entregar-te cegamente,
Sem duvidar apenas a mim,
Dás-me a tua alma, teu ser,
Pelo meu, pelo teu prazer,
Sonhos contidos,
Sentidos, gritados e gemidos,
Prazeres sem fim,
Entregas a alma, o ser, o corpo,
Por amor, por vontade,
Pelo verdadeiro sentido do ser,
Verdadeiramente de alguém,
Sim, sei que sim...
Em minhas mãos te tomo,
Não apenas como minha,
Mas para que na verdade,

Possamos ser um!
Enviar um comentário